Solidariedade

Alfredo Amaral e família vivem numa casa de chapa na Torreira sem luz e água

Alfredo Amaral e família vivem há muitos anos numa casa de chapa, sem as mínimas condições de habitabilidade, na Torreira.

A juntar a esta situação, o Alfredo é deficiente motor e tem grandes dificuldades em arranjar emprego.

A população juntou-se ao protesto e exige que se faça algo para atenuar a miséria em que esta família vive.

Fonte da Câmara Municipal deu-nos conta que o agregado familiar em causa encontrasse referenciado e devidamente considerado no programa de realojamento em curso, cuja primeira fase se encontra em conclusão.

Ainda segundo a mesma fonte, na impossibilidade de dar satisfação a todas as necessidades em simultâneo, o critério utilizado pela Autarquia na selecção das famílias que foram objecto de realojamento teve por base, para além do facto de todas estarem consideradas no programa, o espaço territorial que ocupavam para que assim fosse possível implementar a imperiosa reconversão urbanística garantindo a possibilidade de dar continuidade aos projectos.

Assim espera a Câmara Municipal iniciar proximamente as respectivas obras de urbanização da área do “bairro Social” para que esse espaço possa acolher, tão breve quanto possível, novas construções para dar resposta habitacional às famílias que precisam desse apoio como é o caso do agregado familiar referenciado, que será obviamente considerado.

O Ribeirinhas vai lançar nos próximos dias uma campanha junto à população no sentido de se poder angariar alguns bens, nomeadamente um gerador, que permita dar mais alguma dignidade a esta família.

Alfredo Amaral e família vivem numa casa de chapa na Torreira sem luz e água

Mais Vistas

«Cima»