Crime

Sede do Agrupamento 190 dos escuteiros da Murtosa sofre assalto

Portas arrombadas, vidros partidos, objectos remexidos. Foi com este cenário que os membros que integram o Agrupamento 190 da Murtosa do Corpo Nacional de Escutas, se depararam na manhã de Sábado ao chegar à sede para a habitual reunião semanal.Segundo Filipe Loureiro, responsável pelo Agrupamento, os assaltantes terão acedido ao edifício da sede, através das janelas superiores, da parte mais escondida do edifício. Depois de entrarem lá dentro, os ladrões terão escolhido o que mais lhes interessava, principalmente objectos de metal. Um dos vários objectos furtados foram os pratos da Fanfarra, com a qual o Agrupamento usa para angariar fundos para a construção da nova sede, que acabaram por aparecer na tarde de Sábado escondidos no meio dos arbustos.Sem seguro que cubra o prejuízo, o Agrupamento 190 estima que tenha sido furtado um valor que ascende os 10 mil euros. Sem tentar afectar as actividades já previstas com as crianças o Agrupamento irá ter de apertar o cinto forçosamente na despesa dos eventos. A GNR e o Grupo de Investigação Criminal estiveram no local, e tomaram conta da ocorrência.

Todas as Categorias