Reportagem

Mais um bota-abaixo de um moliceiro em Pardilhó

No dia 28 de julho, na Ribeira da Aldeia, em Pardilhó, teve lugar mais um bota abaixo, de um barco moliceiro.

Este moliceiro não tem a habitual envergadura, pois é um moliceiro de coleção, com apenas quase 4 metros de comprimento, mas se a moda pegar, pode ser que comece a haver mais interessados em comprar este tipo de embarcações, que sendo decorativas, também galgam as águas da ria com muita estabilidade e mestria dos seus ancestrais.

Firmino Tavares, o seu construtor, emigrado no Luxemburgo há muitos anos, conta ao Ribeirinhas a dinâmica da construção dos barcos moliceiros há 40 ou 50 anos e em como na altura era uma verdadeira indústria naval nas margens da Ribeira da Aldeia.

Se pretender adquirir um barco moliceiro de coleção ou de maior envergadura, este construtor está disponível para o ajudar na sua construção.

Etiquetas

Publicidade

Publicidade

Publicidade

    X
    Temos todo o prazer em o receber no Notícias Ribeirinhas
    Há 21 anos a informar as gentes ribeirinhas
    WooChatIcon 0