Oliveira de Azeméis

Câmara Municipal e Universidade de Aveiro unidas na construção de um novo campus universitário

A Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e a Universidade de Aveiro estão a liderar o processo de construção de um novo campus universitário adjacente às instalações da Escola Superior Aveiro Norte (ESAN).

Trata-se de um investimento de cerca de 50 milhões de euros que inclui a construção de 10 novos edifícios destinados a albergar um conjunto de respostas ligadas à inovação, ao empreendedorismo, à testagem de novos produtos e à instalação de incubadoras de startups e growups que irão servir o tecido económico da região e permitir aos formandos da ESAN concretizarem as suas ideias.

Para o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Jorge, este projeto, que contempla ainda uma residência para estudantes, “passa por criarmos aqui um laboratório de experimentação onde possamos testar as tecnologias do futuro permitindo às nossas empresas um conjunto de soluções tecnológicas que as preparem para o futuro num quadro de competitividade global”.

Este projeto estratégico de base regional é ambicioso mas, segundo Joaquim Jorge, torna-se essencial para “afirmar a competitividade da região no futuro e transmitir o conhecimento necessário a um território com uma forte dinâmica social e económica” e “com um peso forte nas exportações nacionais e na riqueza do país”.

Para o presidente “a premência de avançar com o projeto justifica-se porque quanto mais tarde chegarmos ao tecido económico e social, mais tarde desenvolveremos as competências que a região necessita”.

A Câmara Municipal e a Universidade de Aveiro anunciaram que vão candidatar o investimento a fundos comunitários do programa Estratégia 2030 apresentado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

O presidente deste organismo (CCDR-N), Dr. António Cunha, esteve presente na apresentação do projeto que decorreu nas instalações da ESAN e contou com a presença ainda do reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, e do diretor da ESAN, Martinho Pereira.

“Vamos consolidar este projeto para que quando surgirem os apoios estejamos preparados para concretizar este sonho”, disse Joaquim Jorge, esperando o envolvimento dos empresários e da Universidade de Aveiro no seu financiamento.

Todas as Categorias