Santa Maria da Feira

Santa Maria da Feira ganha edição especial de caixa de bombons Arcádia

A conceituada marca portuguesa de chocolates, fundada em 1933, tem agora disponível na sua coleção Cidades uma caixa com a imagem do Castelo da Feira e o nome de Santa Maria da Feira. O lançamento aconteceu ontem, dia 20 de janeiro, no Museu Convento dos Lóios.

Santa Maria da Feira é a quinta cidade, depois de Lisboa, Porto, Braga e Guimarães, a figurar na coleção Cidades da renomada marca portuguesa de chocolates Arcádia. O lançamento da caixa de chocolates – que inclui tarteletes de chocolate negro, com 51% de teor de cacau e pedaços de amêndoa, concedendo aos bombons uma textura crocante – teve lugar ontem, dia 20 de janeiro, Festa das Fogaceiras, no Museu Convento dos Lóios.

A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Emídio Sousa, do administrador da Arcádia, Francisco Bastos, e do representante da Arcádia em Santa Maria da Feira, Hugo Mendes. Num dia “tão especial para a cidade”, Francisco Bastos considerou uma “honra apresentar a nova caixa com o nome Arcádia que presta homenagem a Santa Maria da Feira. A sofisticada caixa de bombons contém no seu interior um produto histórico da marca familiar fundada pelo meu bisavô Manuel Pereira Bastos em 1933: tarteletes de chocolate negro, que existem desde os primeiros tempos de produção da fábrica”.

O administrador da Arcádia elogiou o “empenho e dedicação” do filho da terra Hugo Mendes no lançamento deste “desafio” e mostrou-se “otimista” quanto ao futuro da relação que agora se inicia entre a Arcádia e Santa Maria da Feira. “Da parte da Arcádia, esperamos que todos os chocolates disponíveis na nossa mais recente loja em Santa Maria da Feira, inaugurada em dezembro, possam adoçar o dia-a-dia dos feirenses”, afirmou Francisco Bastos. O presidente da Câmara Municipal, Emídio Sousa, revelou estar “particularmente agradado pela escolha de Santa Maria da Feira. Estamos orgulhosos, foi uma boa opção, somos um município com 140 mil habitantes e reza a história que daqui partiram as tropas de D. Afonso Henriques para lutar pela independência de Portugal”, referiu o autarca.

A “fama e qualidade” dos chocolates da Arcádia junta-se assim, segundo o presidente, a inúmeras outras iguarias doces do território, como a certificada Fogaça da Feira, “encaixando perfeitamente” na atual ambição da Autarquia feirense de apostar na elevação da gastronomia local, sobre a qual tem inclusive em curso uma candidatura à Rede de Cidades Criativas da UNESCO. “Uma marca como a Arcádia ter percebido a dimensão do nosso território deixa-nos extremamente satisfeitos e seguramente vai ser um sucesso entre os feirenses que sem dúvida apreciarão os chocolates”, declarou Emídio Sousa.

Todas as Categorias