Albergaria-a-Velha

O Município de Albergaria-a-Velha está a colocar estações de compostagem

O Município de Albergaria-a-Velha está a colocar estações de compostagem em 10 escolas e jardins-de-infância do Concelho, com vista a promover o reaproveitamento dos resíduos orgânicos e a diminuição do desperdício, bem como incutir boas práticas ambientais desde a infância.

A estação de compostagem é constituída por uma estrutura de 4 m2, com duas unidades de compostagem, permitindo a rotatividade da matéria orgânica, uma cobertura para evitar o calor ou a humidade em excesso e uma cerca envolvente, que pode ser aproveitada para a criação de uma horta biológica com o recurso a objetos reciclados.

As estações de compostagem estão a ser colocadas na Escola Secundária e na Escola Básica de Albergaria-a-Velha, no Jardim-de-Infância de Albergaria-a-Velha, na EBI de São João de Loure, na Escola Básica da Cruzinha (Valmaior), no Centro Escolar de Angeja, no Centro Escolar de Alquerubim, na Escola Básica de Branca, no Jardim-de-Infância de Telhadela e no Centro Escolar das Laginhas. Em junho, será realizada uma ação de formação sobre compostagem dirigida a auxiliares de ação educativa, educadoras e docentes, de forma a melhor aproveitaram os benefícios deste processo.

A compostagem é um processo biológico através do qual os microrganismos transformam a matéria orgânica numa substância semelhante ao solo, denominado composto. Rico em nutrientes, este composto melhora o crescimento das plantas, relvados e jardins. Podem ser colocados na estação de compostagem folhas verdes, restos de vegetais, hortaliças e frutas, relva cortada, borras de café e sacos de chá, flores, pequenos ramos, cascas de ovo, guardanapos, entre outros resíduos.

A educação ambiental nas escolas tem sido uma prioridade do Município, numa lógica de formar, desde cedo, futuros cidadãos responsáveis, com maior consciência ambiental e práticas diárias que promovam a sustentabilidade do planeta. Além das estações de compostagem, a Câmara Municipal já entregou conjuntos de ecopontos domésticos nos equipamentos escolares e distribuiu kits pedagógicos sobre a temática do desperdício alimentar às crianças do 1.º Ciclo, entre outras iniciativas.

Todas as Categorias