Live Vagos

Mês Sénior regressou em 2022 com balanço muito positivo

A Eucaristia e o Almoço Sénior, as visitas ao Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga, o visionamento de uma peça de teatro no Porto e a tradicional viagem ao Santuário de Fátima, marcaram o programa deste ano.

O ano de 2022 trouxe um Mês Sénior revigorado. Após dois anos de pandemia, cerca de 700 seniores reuniram-se no carismático almoço que abriu, juntamente com a Eucaristia, as celebrações deste mês querido dos vaguenses.

Esta reunião traduziu um importante momento de partilha de memórias e de afetos, permitindo reencontros que ocorrem, por vezes, apenas anualmente. Permitiu, também, que aqueles que se encontram com frequência, se revissem ali noutro papel.

Os seniores foram convidados especiais do Município uma vez que para além de serem convidados para partilhar uma refeição foram, também, convidados a partilhar histórias e saberes.

A presença da Confraria das Sainhas veio reforçar este princípio: partilha das memórias e da tradição gastronómica através da tradição oral. Ali, à mesa, contaram-se histórias de como se comia em casa. Casas, algumas, centenárias.  Esta tradição oral é importante para a manutenção e perpetuação das crenças, hábitos, costumes, valores morais e traços culturais dentro deste grupo social, os nossos seniores.

Foi objetivo da câmara municipal proporcionar experiências recreativas, religiosas e culturais de qualidade diferenciada.

A viagem realizada a Macinhata do Vouga, de comboio, e a visita ao Museu Ferroviário, levou 150 seniores sobre carris!

O comboio é um espaço de vivência coletiva, de diálogo e de partilha de emoções. Quem não tem histórias para contar sobre as viagens de comboio? Há 166 anos o caminho de ferro dava os primeiros passos em Portugal, no ano de 1856. As primeiras automotoras a diesel chegaram em 1948 e anunciava-se o fim das locomotivas a vapor.

Muitos seniores vaguenses têm memórias da emigração ligadas ao comboio. Outros, às viagens em família, gravadas no coração.

Este conjunto de visitas, ao Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga, foi mais um grande momento no programa do Mês Sénior 2022.

De coração na boca falaram Maria Rueff e Joaquim Monchique. Dois magistrais atores que presentearam 160 vaguenses no icónico Teatro Sá da Bandeira. Parte integrante deste Mês Sénior 2022 foi a realização de uma viagem, ao Porto, para assistir à peça “Lar Doce Lar”, que retrata o envelhecimento. Duas idosas que partilham um quarto num lar embarcam numa competição desmedida por um quarto particular após a morte da sua anterior ocupante.

Com o brilhantismo cómico daqueles dois nomes incontornáveis da comédia nacional, os munícipes vaguenses embarcaram em mais uma viagem, desta vez, de riso contagiante!

Finalmente, e cumprindo uma importante tradição, a Câmara Municipal levou, ainda, 280 seniores ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, espaço de oração e de esperança, encerrando aí este ciclo de atividades. Olhando para o sénior na sua totalidade, importa não descurar o papel da fé.

A Organização Mundial da Saúde atesta que a fé influencia positivamente a saúde física, mental e biológica. Sem esquecer que as religiões estimulam algo essencial para o ser humano: o espírito de comunidade. Os fiéis normalmente não estão sozinhos, estão cercados de outros que têm a mesma fé.

Orientando as suas práticas para esta visão integral do sénior, o Município de Vagos prossegue a sua atuação, tendo já planeadas ações concretas que darão continuidade, ao longo dos próximos meses, ao intenso mês de outubro vivido em comunidade.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Send this to a friend