11.6 C
Aveiro
Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
InícioCulturaTalhadas recria de novo o cortejo dos Reis Magos após 2 anos...

Talhadas recria de novo o cortejo dos Reis Magos após 2 anos de interrupção devido à pandemia

Data:

Notícias Populares

Cavaleiro Marcelo Mendes ataca a cavalo manifestantes contra a tourada na Torreira

O insólito aconteceu quando o Ribeirinhas estava a entrevistar Mariana Pinho, uma das responsáveis da manifestação

Albergaria-a-Velha arde há 3 dias, casas em risco

Albergaria-a-Velha luta há 3 dias contra os incêndios. Depois...

Mau tempo destrói frente de praia no Furadouro

Ainda agora arrancou o novo ano e já se...
Publicidadespot_imgspot_img

No dia 15 de janeiro realizou-se mais uma edição do cortejo dos reis magos, na freguesia das Talhadas. concelho de Sever do Vouga.

Adiado uma vez, devido ao mau tempo, este evento que atrai todos os anos centenas de pessoas à freguesia, cumpriu o guião, escrito há muitos anos, e que se mantém fiel, ano após ano.

A recriação inicia no início da freguesia, com a escolta dos reis magos até junto do rei Herodes. Antes do encontro com herodes, os reis magos conhecem os pastores e algumas mulheres devotas, bem como assistem à descida de três anjos que anunciam a boa nova.

Seguidamente, são escoltados até ao rei Herodes, proporcionando-se assim um dos pontos altos deste cortejo, devido à encenação bíblica executada com uma nota excelente, por todas as personagens.

Os Reis Magos, na tradição da religião cristã, são personagens que teriam visitado Jesus logo após o seu nascimento, trazendo-lhe presentes. Foram mencionados no Evangelho segundo Mateus, onde se afirma que teriam vindo do oriente para Jerusalém para adorar o Cristo, “nascido Rei dos Judeus”. São figuras constantes em relatos da natividade e nas comemorações do Natal. Melchior, também chamado Melquior ou Belchior, Baltasar e Gaspar, não seriam reis nem necessariamente três, mas sim, talvez, sacerdotes da religião da Pérsia ou conselheiros. Como não diz quantos eram, diz-se três pela variedade de presentes oferecidos. Não há relatos bíblicos sobre o nome dos magos. Talvez fossem astrólogos pois, segundo consta, viram uma estrela e foram por isso, até à região onde nascera Jesus, dito o Cristo. Segundo o registo bíblico, a estrela, porém não os levou diretamente a casa do menino Jesus, e sim ao palácio do cruel rei Herodes, em Jerusalém na Judeia, que coincidentemente desejava a morte de Jesus. Perguntaram eles ao rei sobre a criança. Este disse nada saber. Herodes alarmou-se, e sentiu-se ameaçado, e pediu aos magos que, se o encontrassem, falassem com ele, pois iria adorá-lo também, embora as suas intenções fossem a de matá-lo. Até que os magos chegassem ao local onde estava o menino, já havia se passado algum tempo, por causa da distância percorrida. Assim a tradição atribui à visitação dos Magos o dia 6 de janeiro.

A estrela, conta o evangelho, só após guiá-los ao cruel Herodes é que parou por sobre onde estava o menino Jesus. E vendo a estrela, os três se alegram com grande, e intenso júbilo. Os Magos ofereceram três presentes ao menino Jesus. ouro, incenso e mirra, cujo significado e simbolismo espiritual é, juntamente com a própria visitação dos magos, ser um resumo do evangelho e da fé cristã, embora existam outras especulações, respeito do significado das dádivas dadas por eles. O ouro pode representar a realeza, além da providência divina para sua futura fuga ao Egipto, quando Herodes mandaria matar todos os meninos até dois anos de idade, de Belém. O incenso pode representar a fé, pois o incenso é usado nos templos para simbolizar a oração que chega a Deus assim como a fumaça sobe ao céu. A mirra, resina antisséptica, usada em embalsamamentos desde o Egipto antigo, nos remete ao género da morte de Jesus, o martírio, sendo que um composto de mirra e aloés foi usado no embalsamamento de Jesus.

A missa, é o objetivo deste cortejo, com a igreja local preparada para receber estas personagens, não faltando ainda o velho Simeão, que tem uma interpretação digna de registo, momentos depois de iniciar a cerimónia cristã. Ao altar chegam quase todas as personagens deste cortejo, tendo a cerimónia presente a guarda de honra do rei Herodes.

Da parte da tarde aconteceu o já habitual leilão de oferendas, com a presença de mais de 100 pessoas, que iam licitando os artigos disponíveis, sendo o dinheiro angariado para a igreja.

José Vieira
José Vieira
Desde muito novo ingressou no mundo da comunicação social, em órgãos regionais, tendo sido fundador e diretor de 7 títulos, sendo atualmente diretor dos canais regionais Aveiro TV e Ribeirinhas TV, do Jornal e rádio nacional Abrigo e da Rádio regional N16.

Subscrever

- Nunca perca uma notícia

- Conteúdos exclusivos

- Veja em todos os dispositivos

Últimas Entradas

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

  • https://c32.radioboss.fm:18609/stream

Send this to a friend