23.9 C
Aveiro
Sábado, Junho 22, 2024
InícioAgendaCultur’Águeda leva 16 concertos filarmónicos às freguesias do concelho

Cultur’Águeda leva 16 concertos filarmónicos às freguesias do concelho

Data:

Notícias Populares

Cavaleiro Marcelo Mendes ataca a cavalo manifestantes contra a tourada na Torreira

O insólito aconteceu quando o Ribeirinhas estava a entrevistar Mariana Pinho, uma das responsáveis da manifestação

Albergaria-a-Velha arde há 3 dias, casas em risco

Albergaria-a-Velha luta há 3 dias contra os incêndios. Depois...

Mau tempo destrói frente de praia no Furadouro

Ainda agora arrancou o novo ano e já se...
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A Câmara Municipal de Águeda, em parceria com a União de Bandas de Águeda (UBA), promove, pelo segundo ano consecutivo, o Cultur’Águeda, um projeto de descentralização das atividades artísticas e da cultura que visa levar espetáculos com as bandas filarmónicas a todas as freguesias do concelho. Este ano, a grande novidade prende-se com a realização de concertos durante as festas e romarias religiosas, numa aposta na reedição das tradições locais onde as bandas detinham um papel marcante, apresentando assim uma aposta cultural e no turismo religioso, envolvendo simultaneamente a cultura musical das nossas bandas.

Assim, já a partir do próximo domingo e até setembro, vão ser realizados 16 concertos, em dois ciclos que vão decorrer em simultâneo (ciclo filarmónico e festas e romarias), que representam um investimento camarário de 54 mil euros.

Esta iniciativa tem como objetivo promover “o extraordinário trabalho” que as bandas fazem, os músicos de excelência que as integram e que promovem a cultura aguedense por todo o concelho, região e país.

Um apreço e reconhecimento que Jorge Almeida, Presidente da Câmara de Águeda, quis deixar bem claro na apresentação do programa desta iniciativa, esta semana, no Salão Nobre da Autarquia, onde apontou que este trabalho é demonstrado “todas as vezes que saem e vão por esse país fora mostrar o que tão bem fazem” e “todos os dias, com o que fazem junto dos jovens e crianças, num trabalho que reputo de extraordinário, porque formam músicos, mas sobretudo pessoas”.

No projeto Cultur’Águeda, a UBA tem um “papel essencial” de coordenar a ação das bandas, de determinar quais as bandas que atuam em cada freguesia e festa ou romaria, harmonizando o relacionamento entre os diferentes pontos do concelho.

Salientando que este projeto propõe, ainda, a trazer à ribalta os valores e consciência do bem cultural que são as bandas filarmónicas “principalmente junto do público mais jovem”, Jorge Almeida defendeu a “extraordinária evolução” que as bandas tiveram no panorama musical e que tem conquistado um crescente número de apreciadores.

“Temos um orgulho muito grande nas nossas bandas”, afirmou o Edil, defendendo que a Câmara Municipal e a UBA, “conhecedores do que temos, a nossa obrigação é levar esta cultura aos olhos e ouvidos das pessoas”, primeiramente ao público concelhio.

Este ciclo reflete um apoio camarário “como nunca antes foi dado” e que é aplicado junto “de quem faz dele algo de muito bom”, disse ainda Jorge Almeida, acreditando que ao fazer-se esta aposta “teremos também um novo tempo para as nossas festas e romarias”.

Edson Santos, Vice-Presidente da Câmara, reiterou a importância da parceria com a UBA para a realização deste evento, salientando que “estamos a procurar dinamizar, promover e dar um destaque, de uma forma organizada, ao trabalho das bandas, dos nossos jovens e dos nossos músicos, chegando a todas as 11 freguesias”.

“O objetivo é promover o que é nosso. As nossas bandas são um exemplo de excelência, seguido por esse país fora e é isso mesmo que queremos divulgar e promover”, disse ainda, declarando que, com esta qualidade, este é um ciclo que irá ser certamente um êxito. “Um sucesso para Águeda e para a cultura aguedense”, afirmou.

António Silva, Presidente da UBA, frisou o trabalho de grande qualidade que as bandas do concelho têm realizado, agradecendo à Câmara de Águeda a parceria na realização deste ciclo.

Refira-se que este projeto integra cinco bandas filarmónicas do concelho ( Orquestra Filarmónica 12 de Abril, Banda Castanheirense, Banda Alvarense, Banda Marcial de Fermentelos e Banda Nova de Fermentelos), que vão realizar 16 concertos (um por cada freguesia e ainda as festas e romarias), num total de mais de 300 músicos.

PROGRAMA

Festas e Romarias

Dia 16 de abril (Almas Santas da Areosa , Aguada de Cima) – Orquestra Filarmónica 12 de Abril

Dia 29 de maio (S. Geraldo , Bolfiar) – Banda Castanheirense

Dia 18 de junho (Santo António , Serém) – Banda Castanheirense

Dia 2 de julho (S. Pedro , Valongo do Vouga) –  Banda Alvarense

Dia 15 de agosto (Nossa Senhora do Amparo , Travassô) – Banda Castanheirense

Dia 15 de agosto (Nossa Senhora da Saúde , Fermentelos) – Banda Marcial de Fermentelos

Ciclo Filarmónico

Dia 16 de abril (Aguada de Cima) – Banda Nova de Fermentelos

Dia 1 de maio (Espinhel) – Orquestra Filarmónica 12 de Abril

Dia 6 de maio (Águeda) – Banda Marcial de Fermentelos

Dia 13 de maio (Castanheira do Vouga) – Banda Nova de Fermentelos

Dia 14 de maio (Barrô) – Banda Nova de Fermentelos

Dia 26 de maio (Fermentelos) –   Orquestra Filarmónica 12 de Abril

Dia 10 de junho (Macinhata do Vouga) –   Banda Alvarense

Dia 25 de junho (Valongo do Vouga) – Banda Nova de Fermentelos

Dia 17 de junho (Travassô) –   Orquestra Filarmónica 12 de Abril

Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.

Subscrever

- Nunca perca uma notícia

- Conteúdos exclusivos

- Veja em todos os dispositivos

Últimas Entradas

Publicidadespot_img
Send this to a friend