11.6 C
Aveiro
Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
InícioEducaçãoNa Escola Oliveira Júnior Entrada no Novo Ano Chinês assinalada no âmbito...

Na Escola Oliveira Júnior Entrada no Novo Ano Chinês assinalada no âmbito do programa de ensino de mandarim

Data:

Notícias Populares

Cavaleiro Marcelo Mendes ataca a cavalo manifestantes contra a tourada na Torreira

O insólito aconteceu quando o Ribeirinhas estava a entrevistar Mariana Pinho, uma das responsáveis da manifestação

Albergaria-a-Velha arde há 3 dias, casas em risco

Albergaria-a-Velha luta há 3 dias contra os incêndios. Depois...

Mau tempo destrói frente de praia no Furadouro

Ainda agora arrancou o novo ano e já se...
Publicidadespot_imgspot_img

No contexto do projeto municipal de ensino de Mandarim nas escolas do ensino básico de S. João da Madeira, decorreu, no último sábado, um espetáculo alusivo à entrada no Ano Novo Chinês. Com o título de “Sonho ao luar”, tratou-se de um conjunto de várias performances de música e dança, protagonizadas pelo grupo “Pensamento Oriental”, associação de divulgação da cultura chinesa em Portugal.

As atuações, dirigidas especialmente à comunidade educativa, tiveram lugar no auditório da Escola Oliveira Júnior, estabelecimento de ensino que é uma referência no ensino de mandarim ao nível do ensino secundário, possibilitando, nomeadamente, a continuidade da aprendizagem da língua a quem frequenta as aulas promovidas pela Câmara Municipal no do 1.º ao terceiro ciclo do ensino básico, processo pioneiro que conta com a parceria do Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro.

Foram precisamente essas duas entidades, em articulação com o Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior, a promover a iniciativa do último sábado, tendo os respetivos responsáveis intervindo nos momentos que antecederam as atuações do grupo “Pensamento Oriental”. O presidente da Câmara, Jorge Vultos Sequeira – acompanhado pela vereadora da Educação, Irene Guimarães – , o diretor do Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro, Carlos Morais, e o diretor do estabelecimento de ensino anfitrião do espetáculo, Mário Coelho, foram unânimes no reconhecimento da importância que o ensino do mandarim tem na cidade, sendo apontado como uma referência no país.

Participando em várias iniciativas na comunidade chinesa no nosso país, e também na comunidade portuguesa, o grupo “Pensamento Oriental” apresentou um conjunto de performances nas áreas de música produzida por instrumentos tradicionais chineses e de danças tradicionais chinesas.

Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.

Subscrever

- Nunca perca uma notícia

- Conteúdos exclusivos

- Veja em todos os dispositivos

Últimas Entradas

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

  • https://c32.radioboss.fm:18609/stream

Send this to a friend