23.9 C
Aveiro
Sábado, Junho 22, 2024
InícioOliveira do BairroOliveira do bairro: geminação com cidade francesa de Lamballe celebra 25 anos

Oliveira do bairro: geminação com cidade francesa de Lamballe celebra 25 anos

Data:

Notícias Populares

Cavaleiro Marcelo Mendes ataca a cavalo manifestantes contra a tourada na Torreira

O insólito aconteceu quando o Ribeirinhas estava a entrevistar Mariana Pinho, uma das responsáveis da manifestação

Albergaria-a-Velha arde há 3 dias, casas em risco

Albergaria-a-Velha luta há 3 dias contra os incêndios. Depois...

Mau tempo destrói frente de praia no Furadouro

Ainda agora arrancou o novo ano e já se...
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A geminação Oliveira do Bairro/Lamballe celebrou, entre 18 e 23 de julho, o seu 25.º aniversário.

As comemorações decorreram na vila francesa, contando com uma delegação do município bairradino, que integrou Duarte Novo, Presidente da Câmara Municipal, e Lília Ana Águas, Presidente do Comité de Geminação português.

A comitiva contou ainda com elementos do comité de geminação, colaboradores da autarquia, elementos do Grupo Folclórico São Pedro da Palhaça e os músicos Tiago Matias e Beatriz Miranda, do projeto “Canção – Música Portuguesa”.

O ponto alto do programa decorreu no passado sábado, 22 de julho, com uma cerimónia oficial e apresentação de duas peças escultóricas alusivas ao aniversário da geminação, que contou com representantes políticos dos dois municípios.

Na ocasião, Duarte Novo dirigiu-se aos participantes na cerimónia, considerando que “esta geminação simboliza a vontade dos europeus de continuarem a priorizar o diálogo e a partilha”.

Relativamente ao balanço dos 25 anos de ligação entre Oliveira do Bairro e Lamballe, o autarca considerou que “é extremamente positivo” e que o trabalho dos dois Comités de Geminação “continua a dar frutos, uma vez que é feito com paixão, de forma organizada e complementar, que tem criado raízes e marcas profundas nas duas comunidades e nos seus movimentos associativos”.

“É uma ligação que já extravasa a área puramente institucional e que passou diretamente para as pessoas que, por iniciativa própria, continuam a estabelecer contactos através de intercâmbios e atividades que permitem trocas de experiências e de conhecimento que valorizam sobremaneira quem neles participa”, acrescentou o líder da autarquia de Oliveira do Bairro.

Na mesma ocasião, Lília Ana Águas referiu que “a educação e a cultura desempenham um papel fundamental nesta geminação”, ajudando a “promover a compreensão mútua entre os povos, a combater o medo pela diferença e a construir uma sociedade mais justa e igualitária”.

“Estou confiante de que a nossa geminação continuará a ser um sucesso nos próximos anos, pois hoje podemos afirmar que somos família”, concluiu a Presidente do Comité de Geminação português, que também é Vereadora do Município de Oliveira do Bairro.

O programa contou ainda com atuações do projeto “Canção – Música Portuguesa”, nas igrejas de Saint-Gobrien, em Morieux, e de Saint Martin, em Lamballe, bem como do Grupo Folclórico São Pedro da Palhaça, que apresentou e representou o folclore português em vários momentos e locais, para gáudio do muito público francês que fez questão de assistir aos espetáculos. 

A ligação entre os dois municípios, e as suas comunidades, teve a sua génese na relação da ADASMA (Associação de Dadores de Sangue da Mamarrosa) com a sua congénere Donneurs de Sang Penthiévre de Lamballe. Foi esse o ponto de partida para um crescendo de contactos e vontades que deram origem à geminação.

Em 1998 foi assinado o Protocolo de Geminação entre Oliveira do Bairro e Lamballe, dando início a contactos, intercâmbios e iniciativas regulares, com o objetivo de criar laços de fraternidade e amizade, conducentes ao desenvolvimento social, cultural e económico das duas comunidades.

Desde essa altura que alunos do concelho de Oliveira do Bairro visitam Lamballe e recebem em suas casas os seus congéneres franceses, num intercâmbio escolar que tem marcado não só a ligação entre as duas comunidades, mas sobretudo todos aqueles que passaram por esta inesquecível experiência, que tem criado fortes laços sociais e culturais entre os jovens. Em 2023, esse intercâmbio foi alargado ao ensino profissional.

Para além do intercâmbio escolar, destacam-se ainda as ligações existentes entre bombeiros voluntários, Rotary Club, bandas de música, grupos de folclore e de cantares, artesãos e associações de dadores de sangue.

A comunidade de Lamballe pertence à região da Bretanha e ao departamento de Côtes-d’Armor, uma região particularmente bela, hospitaleira, onde já se estuda português.

Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.

Subscrever

- Nunca perca uma notícia

- Conteúdos exclusivos

- Veja em todos os dispositivos

Últimas Entradas

Publicidadespot_img
Send this to a friend